Por: A Tribuna
19/11/2019
16:11

Completamente apaixonada por animais, a modelo e apresentadora Ana Hickmann recebeu em sua casa a Kira, com 3 meses. Ana tinha a missão de apresentar o mundo para a futura cão-guia e assim foi feito. Após pouco mais de um ano juntas, Kira retornou ao Instituto Magnus, centro de treinamento de cães-guias gerido pelo grupo Adimax, mas o futuro da Kira mudou.

O Instituto Magnus zela pelo bem-estar dos cães com os quais trabalha e durante todo o processo de aprendizagem do animal, são observadas várias características para entender se o cão será um cão-guia, respeitando sua personalidade, inclusive. Nos casos em que se observa perfil para uma outra profissão, o Instituto entra em contato com outras instituições parceiras que realizam trabalhos de excelência e direciona este cão para ele se tornar um cão de assistência, terapeuta ou policial, por exemplo.

“A Kira passou pelo processo de treinamento e durante esse período ela mostrou algumas inseguranças, pois faltavam algumas habilidades para ela realmente trabalhar como cão-guia. Mas ela sempre teve muito potencial, é um cachorro muito inteligente, muito educado, e percebemos que ela tinha uma tendência nata para ser um cão terapeuta, mas acreditamos que ela poderia ir pouco além. Então nós a direcionamos a um grupo parceiro, que está realizando um treinamento para que ela se torne um cão de assistência a cadeirante”, explica George Thomaz Harrison, instrutor do Instituto Magnus.

Kira, então, iniciou uma nova etapa em sua vida e está realizando um novo treinamento para auxiliar cadeirantes. Caso este treinamento não seja conclusivo, ela será direcionada a ser um cão terapeuta. Com essa função, Kira poderá visitar asilos e hospitais, levando alegria aos pacientes, ou ainda, trabalhar colaborando com pacientes em conjunto com fisioterapeutas.

Ana Hickmann fala da importância da socialização. “Sem a família socializadora não tem cão-guia, não tem cão de assistência, e precisamos cada vez mais das pessoas que têm disposição, têm um pouco mais de tempo e amor para dar. Primeiro você recebe amor desses bichinhos, depois você compartilha tudo o que vive durante esse um ano com alguém que não conhece, mas que você pode fazer uma grande diferença na vida dela”, enfatiza a modelo.   

Para aqueles que desejam conhecer o Instituto, é possível realizar uma visita monitorada, que deve ser agendada com antecedência pelo e-mail: contato@institutomagnus.org ou por meio do telefone: (15) 3042-1110 ou 99755-7201. As visitas são realizadas para grupos de no mínimo cinco pessoas às terças e quintas-feiras, em dois períodos: das 10h às 11h30 ou das 16h às 17h30, além de um sábado por mês das 9h30 às 11h30. E quem tiver interesse em fazer parte do programa pode tirar todas as dúvidas e se inscrever pelo site do Instituto: www.institutomagnus.org.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura