Por: A Tribuna
08/11/2019
00:00

“A cidade de Amparo está ameaçada de, em pouco tempo, ficar sem água tratada, dadas as condições de abandono da estação de captação do SAAE, onde o descuido por parte dos responsáveis pela autarquia chegou ao extremo”, a denúncia é do ex-superintendente do Serviço Autônomo de Água e Esgotos (SAAE), Sérgio Scabora.

Ele lembra que a captação de águas do SAAE fica localizada no bairro do Velhobol, e sempre recebeu um cuidado especial do SAAE. Para ele, o local é da maior importância, “pois é dela que são mandadas as ETAs para tratamento, onde todo o volume de água é tratado e distribuído à população amparense”.

Para Scabora, com a estiagem e o acúmulo de materiais orgânicos junto ao principal acesso de captação das águas, reduz-se o volume de água e fica mais difícil sua captação. “Como podemos verificar através de inúmeras fotos, serão necessárias uma grande limpeza e uma drenagem do local para amenizar a possível falta do recurso natural, além da conservação de toda a estação de captação”, disse

Segundo Sérgio Scabora, “uma das prioridades para o local seria a limpeza, ajuste no represamento das águas do Rio Camanducaia e o constante monitoramento do setor da captação de águas, como era feito na época em que administramos o SAAE. Portanto, caso não seja feito um trabalho sério, a cidade de Amparo poderá entrar em colapso no seu tratamento e abastecimento, possibilitando até mesmo o racionamento ou rodízio nos inúmeros bairros da cidade pela impossibilidade de sua captação”, completou.


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura