Por: Alex Bússulo
21/10/2019
06:00

O que não falta no mundo do empreendedorismo são histórias de empresas que são sucesso e exemplo de inovação. Na verdade, praticamente todas as empresas consideradas inovadoras também são extremamente bem-sucedidas. Pense em qualquer grande empresa e provavelmente ela também será um grande exemplo de inovação. Sucesso e inovação sempre andam de mãos dadas.

Uma história que gosto bastante sobre inovação é a trajetória da Netflix, fundada em 1997, em Scotts Valley, Califórnia (EUA), com o objetivo de vender e alugar DVDs. Inicialmente, ela criou um site para cadastro e escolha dos filmes. Os clientes recebiam os DVDs em casa e devolviam após terem assistido. O negócio prosperou, e muito, nos Estados Unidos. Em 2005, ela já acumulava mais de 4,2 milhões de assinantes. Qualquer empresa neste ponto estaria extremamente satisfeita, e muitas vezes acomodada, com todo esse sucesso. Mas não a Netflix.

Em 2007, a empresa inovou e revolucionou o mercado ao permitir que seus clientes assistissem aos filmes pelo computador, sem precisar mais de DVD. Foi quando ela ganhou o mundo se tornando uma das empresas mais valiosas do planeta. Mas, é claro, ela não ficou parada nisso. Em 2013, a Netflix lançou sua primeira produção própria, a série House of Cards, que conquistaria fãs de mais de 190 países. Até hoje já são quase mil filmes e séries próprias, incluindo os sucessos La Casa de Papel, Bird BoxStranger Things, entre tantos outros. A última inovação, que surpreendeu a todos, foi o lançamento de Black Mirror: Bandersnatch, um filme totalmente interativo que permite o usuário a escolher um infinidade de finais. Tudo isso em 21 anos! O que vem pela frente ainda é incerto, mas posso garantir que neste exato momento a Netflix está preparando algo novo, afinal ela não se acomoda com o sucesso.

Perguntar se seus produtos ou serviços são inovadores é o mesmo que se questionar se os seus produtos ou serviços têm futuro. Uma empresa hoje que se acomoda com a realidade, seja ela boa ou ruim, pode ter seus dias contados. Mas, afinal de contas, o que é inovação? Normalmente as pessoas confundem essa palavra com invenção ou descoberta. Inicialmente podem parecer iguais, mas são conceitos distintos.

Uma descoberta pode ser caracterizada como encontrar ou identificar algo novo que já existia, por exemplo: um planeta, um continente ou uma espécie de planta. Já uma invenção é aquilo que é criado, por exemplo: um carro, um telefone ou uma lâmpada. Agora, uma inovação pode ser considerada uma melhora, reforma ou revolução de algo já existente, que possa ser vendido!

Inovar significa estar em constante movimento. Sair da zona de conforto e criar novos conceitos, desafios, produtos e serviços. Você também pode inovar como vendedor, evoluindo suas técnicas e abordagens. Um vendólogo inovador não fica triste, muito menos desiste, quando recebe um não. Ele sabe que o fracasso é temporário e apenas precisa reajustar as velas para o sucesso. Aprenda a inovar como a Netflix e terá um caminho de muita prosperidade.

Nota da redação: Alex Bússulo é especialista em vendas, palestrante e autor do livro Vendalogia. 


  Compartilhar

Assinar o Jornal



Identificação do Assinante


Digite nos campos abaixo o seu e-mail ou CPF de cadatro em nosso site e sua senha de acesso.


Esqueceu o seus dados? Fale com a gente!

Assinatura