“Operação Finados 2018” nas estradas estaduais teve início nesta quinta-feira

Operação será realizada nas rodovias de acesso ao Litoral, Oeste Paulista e região serrana de Campos do Jordão administradas pelo DER-SP/Foto: Internet

Já está em funcionamento a Operação Finados 2018 nas rodovias administradas pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) que dão acesso ao Litoral, Oeste Paulista e região serrana de Campos do Jordão. O encerramento será às 24h de domingo, 4/11. Além da tradicional intensificação das atividades operacionais, tais como monitoramento de tráfego e fiscalização, O DER segue com esquema de gerenciamento especial para prevenção de eventuais ocorrências que envolvam causas naturais, como alagamentos ou deslizamentos de terra.

Integram a Operação Finados 2018 as rodovias Manoel Hyppólito Rego (SP 055), Padre Manoel da Nóbrega (SP 055), Dom Paulo Rolim Loureiro (SP 098), Oswaldo Cruz (SP 125), Floriano Rodrigues Pinheiro (SP 123) e Raposo Tavares (SP 270).

Horários de maior movimento

Já estava sendo aguardada grande movimentação de veículos desde às 18h de ontem, dia 1.o e toda a madrugada de hoje, dia 2, intensificando o tráfego no horário das 9h às 20h. Já amanhã, dia 3, a movimentação começa a aumentar após o horário do almoço por volta das 14h, permanecendo até às 22h. No retorno no domingo, 4/11, o fluxo de veículos deverá ser alto das 9h às 24h.
Informações sobre as condições do trânsito nas estradas envolvidas na operação poderão ser consultadas por meio dos boletins publicados pelo DER no site www.der.sp.gov.br e pelo Twitter (@_dersp).

Gerenciamento de riscos de causas naturais

Durante todo o feriado prolongado, os índices pluviométricos emitidos pelo Sistema Nacional de Defesa Civil (SINDEC) e pela própria Defesa Civil de São Paulo serão acompanhados pela Central de Operação e Informação do DER, que acionará equipes para vistoriar, quando necessário, as áreas lindeiras às rodovias estaduais que integram a Operação. O objetivo é de detectar possíveis riscos de alagamentos ou deslizamentos de terra. Se constatado algum risco, será emitido alerta aos órgãos envolvidos como Prefeituras, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil, para que as providências de suporte à segurança de motoristas e usuários sejam tomadas. Estará disponível também equipe de obras de conservação durante todo o feriado, para intervenções e realização de serviços em qualquer eventualidade.

Apoio Operacional

Durante a Operação Finados 2018 serão disponibilizados aproximadamente 600 profissionais que trabalharão em esquema de plantão para que os impactos do alto fluxo de veículos sejam minimizados. Com isso, a prestação de serviços e informações aos usuários será ampliada e garantirão um eficiente atendimento nas rodovias, com socorro mecânico, guincho e monitoramento.
Também estarão disponíveis 80 viaturas de inspeção, 143 guinchos (entre leves e pesados), 20 caminhões pipas, 124 veículos de apoio e 21 veículos de apreensão de animais. Para o monitoramento das rodovias serão utilizadas 56 câmeras de CFTV fixas e móveis, 37 equipamentos de análise do tráfego e 55 painéis de mensagens variáveis, que trarão informações educativas como não dirigir usando o telefone celular.

Restrição aos veículos de carga

– SP 123 (Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro) – Proibido o tráfego de veículos de carga sentido Norte (Taubaté – São Paulo – Via Dutra – Campos do Jordão) – do km 25,5 ao km 46,6.
Sábados e Feriados, das 8h às 12h
Sentido Sul (Campos do Jordão – Taubaté – São Paulo – Via Dutra) – do km 46,6 ao km 25,5.
Domingos e Feriados, das 13h às 21h
– SP 125 (Rodovia Oswaldo Cruz) – Do km 78 ao km 86, em ambos os sentidos.
Segunda a Sexta-feira: Proibido o tráfego de veículos de carga (caminhões) com comprimento superior a 7 metros e PBT superior a Sete toneladas, e coletivo de passageiros (ônibus) com comprimento máximo de até 7,4 metros.
Sábados, Domingos e Feriados: Proibido o tráfego de veículos de carga (caminhões) e ônibus. É permitido o tráfego de caminhões guincho entre o km 78 e km 86 com comprimento de até 7,60 metros e PBT até 9,15 toneladas, desde que previamente cadastradas e autorizadas pela DR.06 – Divisão Regional de Taubaté – bom como mantido formulário de atendimento à disposição da PMRV do Estado de São Paulo.

Comentários

comentários