Pastor Esequiel vence eleição e se torna presidente do Legislativo amparense

Os vereadores que integrarão a Mesa Diretiva da Câmara Municipal de Amparo em 2019/Foto: Rafael Leopoldi AT

O vereador Esequiel Pereira dos Santos – Pastor Esequiel (PSDB) foi eleito, durante sessão extraordinária realizada na manhã de sábado, 15 de dezembro, presidente da Câmara Municipal de Amparo para o ano de 2019. Pastor Esequiel recebeu sete votos, enquanto o vereador José Bueno dos Santos Filho – Zé Bueno (PP) ficou com os outros cinco votos restantes.
A eleição do novo presidente do Legislativo amparense se mostrava tranquila até que dois vereadores, que apóiam a Administração, declararam ser candidatos à Presidência no começo de dezembro. A vereadora Catarina Santos Briozo – Tia Catarina (MDB) e o vereador Zé Bueno anunciaram suas candidaturas na sessão do dia 3 de dezembro. Desde esse dia até a manhã de sábado, foram diversas reuniões entre os vereadores e membros do alto escalão da Prefeitura Municipal de Amparo no intuito de enfraquecer a candidatura do Pastor Esequiel e fortalecer um dos dois nomes indicados pela Prefeitura.

Manhã de eleição

Assim que se iniciou a sessão extraordinária para a eleição, a vereadora Tia Catarina solicitou uma reunião de bancada para conversar com os vereadores. Na reunião, ela abriu mão de sua candidatura em favor de Zé Bueno, na expectativa de que ele pudesse sair vencedor no pleito. Ao retornarem para a sessão, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico Mario Auler conversou rapidamente com os vereadores Celso Manzolli (PSDB) e Zé Bueno na tentativa de articular os votos.
Com a votação nominal aberta, o Pastor Esequiel recebeu os votos de Hélio Favoretto (DEM), Gilberto Piassa (PTB), Geraldo Afonso Moreira Gomes – Dr. Geraldo (PPS), Celso Manzolli, José Osmar Dorigan – Osmar da Farmácia (MDB), Luiz Carlos de Oliveira – Carlitinho (PV) e do próprio Pastor Esequiel, totalizando sete votos, vencendo a eleição. Zé Bueno teve os votos dos vereadores Antônio Fernando Pereira – Tustão (PSDB), Pedro Maurício Pereira – Pedrinho do Gás (PSD), Tia Catarina, José Gonçalves dos Santos – Zelão do Ônibus (MDB) e do próprio Zé Bueno.

Eleição do restante da Mesa Diretiva

Na sequência, foram realizadas as eleições para o restante das vagas da Mesa Diretiva para o ano de 2019. Foram eleitos: Gilberto Piassa como vice-presidente, com oito votos; Dr. Geraldo como primeiro-secretário, com nove votos; Carlitinho como segundo-secretário, com oito votos; Celso Manzolli como corregedor, com nove votos; e Hélio Favoretto como corregedor substituto, com oito votos.
Terminada a sessão, o novo presidente do Legislativo amparense agradeceu pelos votos recebidos e pelo apoio. “Agradeço os votos recebidos, a Deus e à sociedade que me deu bastante apoio para enfrentar essa nova empreitada. Para 2019, iremos dar continuidade ao trabalho, essa é a palavra. O trabalho que foi realizado nestes dois anos na Câmara deve ser continuado. Estamos colocando a casa em ordem, corrigindo alguns erros que foram cometidos e que acabam prejudicando o Erário”, disse Pastor Esequiel. O novo presidente disse, ainda, que a função de vereador para ele “vai muito além de status ou poder: “Eu a considero uma ferramenta importante para servir. Na minha ótica, eu subi mais um degrau, porque, até então, eu era servo de uma patente e, agora, aumentou a patente de servir, e a dedicação tem que ser ainda maior”.
Com relação a todo o processo que o levou a vencer a eleição interna para presidir o Legislativo amparense em 2019, o vereador disse que “essa eleição reforça a esperança de uma política séria e independente, com liberdade de representar os anseios populares sem a influência dos outros dois poderes. Acho que essa foi a maior lição que eu tiro dessa eleição, pois realmente teve muita pressão, mas graças a Deus conseguimos esse resultado, que não é importante apenas para mim, mas sim pela forma como ela foi conduzida, com independência, mostrando que não existe mais a influência dos outros poderes, e que nós [vereadores] representamos a população com liberdade”, concluiu o novo presidente da Câmara Municipal de Amparo.

Comentários

comentários