Polícia Civil prende homem por posse irregular de armas de fogo

A Polícia Civil encontrou armas e também a quantia de R$ 7.700,00 no Loteamento Tamburi/Foto: Divulgação

Na manhã de sexta-feira, 28 de setembro, investigadores da Polícia Civil realizaram uma operação, desencadeada pela Deinter 2, que resultou na prisão de J.C.S., 67 anos, por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e permitido.
Após a denúncia, os investigadores abordaram e questionaram o indiciado em sua residência, uma chácara no Loteamento Fazenda Tamburi, a respeito da posse de armas de fogo ilegais. J.C.S. confessou a posse de uma espingarda, e a entregou aos policiais. Durante vistoria, ainda foram localizadas, além da espingarda calibre 32, uma pistola calibre 6.35 com a numeração obliterada, 12 cartuchos calibre 6.35 intactos, 15 cartuchos de espingarda calibre 32 intactos e três deflagrados. Foram encontrados, ainda, uma cartela vazia para cartuchos 6.35, um pacote com 50 gramas de pólvora, 814,80 gramas de chumbo, 51 espoletas intactas, um carregador calibre 6.35, uma cartucheira para munição calibre 32. Os policiais encontraram também R$ 7.700,00 em dinheiro, que J.C.S. alegou ser de sua aposentadoria, mas não conseguiu provar; por isso o valor foi apreendido.
O indiciado recebeu voz de prisão e foi apresentado no 1º Distrito Policial, onde o delegado ratificou a prisão em flagrante, por haver infringido os artigos 12 e 16 da lei federal nº 10.826/2003 – Estatuto do Desarmamento. Após passar por exame de corpo de delito na Beneficência Portuguesa, ele foi encaminhado para a Cadeia Pública de Serra Negra, onde permanecerá até audiência de custódia.

Comentários

comentários