Aprenda a limpar a orelha do gato e entenda porque a prática é tão importante

Manter uma rotina de limpeza evita o acúmulo de cera e, consequentemente, diminui as chances de desenvolver doenças auriculares/Foto: Internet

Por mais que os gatos sejam animais limpos, eles não conseguem fazer a higiene das orelhas. Isso significa que essa tarefa é responsabilidade dos donos, não podendo ser deixada de lado. Assim como nós escovamos o pelo, levamos ao veterinário, compramos ração e trocamos a água do bebedouro, é também preciso estar atento à higiene da orelha do gato.

A higiene desta parte do corpo é muito importante, pois o acúmulo de cera pode levar ao desenvolvimento de ácaros, fungos e até larvas. A falta de cuidados pode causar uma otite ou infecção de ouvido grave. Por isso, limpe sempre a orelha do gato e evite ignorar essa tarefa.

Como limpar a orelha do gato

1º passo: Separe os materiais para a limpeza
Antes de pegar o gato separe todo o material que usará na limpeza. Assim o processo será rápido e não tomará muito tempo da vida do felino. Você vai precisar de: Gaze de algodão esterilizada ; Shampoo para gatos e uma Toalha umedecida.

2º passo: Mantenha o felino relaxado
O gatinho não pode associar a limpeza com algo ruim, por isso é importante que ele esteja bem calmo durante o ato. Comece fazendo carinho, falando elogios e o acomodando de forma estratégica em seu colo. Se for a primeira limpeza, tenha paciência e não pule etapas para acabar logo.

3º passo: Analise o estado da orelha
Antes de limpar, verifique o quão suja está. Se houver muita cera acumulada, odor forte, crostas ou feridas pode ser que o gato esteja com alguma doença auricular. Nesse caso, o recomendado é ir ao veterinário para avaliar a situação e indicar o tratamento adequado. Entretanto, se você não notar nenhum sinal diferente e a orelha aparentar um estado normal, a limpeza pode ser realizada normalmente.

4º passo: Inicie a limpeza pela parte externa da orelha
Pegue uma toalha umedecida e shampoo específico para gatos. Vá limpando a parte externa e peluda da orelha com bastante calma usando o produto de banho. Use a toalha para retirar qualquer resíduo. Verifique se a orelha se encontra limpa e parta para a região interna.

5º passo: Muito cuidado com a limpeza da parte interna
A limpeza do interior do ouvido deve ser feita com muita cautela. É preciso ter cuidado para não comprometer as estruturas auditivas. Por isso, uma gaze de algodão esterilizada é o suficiente. Enrole a gaze do dedo e insira suavemente pelo ouvido. Gire num movimento suave para a cera se prender no algodão e retire de dentro da orelha.

Outra opção de limpeza é usar limpadores auriculares específicos para gatos. Eles são encontrados em pet shops e vem com um aplicador próprio. Sua função é diluir a cera do ouvido e não deixar nenhuma secreção acumulada. Leia a instruções da caixa e peça ajuda de um vendedor confiável caso não saiba usar o produto.

Mantenha uma rotina de limpeza
O ideal é que as orelhas sejam limpas a cada duas semanas para mantê-las sempre em bom estado. Dessa forma, a higiene fica mais fácil já que evita o acúmulo de cera e é possível diagnosticar sinais de doença a tempo.

Acostume desde filhote a higienizar a orelha
Nenhum animal gosta que mexam em sua orelha, mas é preciso. Então, para evitar complicações futuras, a recomendação é acostumar o felino desde filhote para não se sentir incomodado com o processo de limpeza.
Não deixe de limpar a orelha do gato, pois é uma forma de garantir a saúde do aparelho auditivo. Qualquer dúvida consulte um veterinário. Ele irá te auxiliar nesse processo de limpeza e passar confiança para fazer sozinho em casa. (Fonte: Canal do Pet)

Comentários

comentários