Começa semana de combate ao desperdício de alimentos

Ministro Edson Duarte: "Um terço da produção mundial vai para a lata de lixo"/Foto: Ministério do Meio Ambiente

Brasília – O ministro Edson Duarte abriu oficialmente, nesta segunda-feira, dia 5, a 1ª Semana Nacional de Conscientização sobre a Perda e o Desperdício de Alimentos. O objetivo da semana é fortalecer a ação de todos os setores da sociedade para reduzir as perdas de alimentos nas cadeias produtiva e de consumo.
“O muito que jogamos fora falta para tanta gente”, ressaltou Edson Duarte. “Sabemos que a estrada é longa e os desafios são muitos. Um terço da produção mundial vai para a lata de lixo e 1,3 bilhão de toneladas de alimentos são desperdiçados por ano no mundo”, destacou.
Segundo dados da ONU, o Brasil perdeu, em 2013, mais de 26 milhões de toneladas de alimentos. “Arroz, carne vermelha, feijão e frango são os alimentos mais jogados fora nas casas dos brasileiros”, afirmou a secretária de Articulação Institucional e Cidadania do MMA, Rejane Pieratti. Para evitar o desperdício, ela indica o planejamento semanal das compras de bens alimentícios.
A ação brasileira está em sintonia com o Objetivo do Desenvolvimento Sustentável número 12, que tem como meta mundial a redução pela metade do desperdício até 2030. A secretária nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social, Lilian Tahal, afirmou que os Bancos de Alimentos, públicos e privados, estão sendo fortalecidos por meio de políticas públicas.
O presidente da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), Alexandre Seabra Resende, destacou a importância de uma mudança de cultura em relação ao consumo na sociedade. “Nos supermercados, o que não é comercializado tem que ter um destino. No projeto Mesa Brasil, por exemplo, o que sobra e ainda tem validade vai para a mesa de alguém”, disse.

Edital
Na abertura do evento, foram apresentados vídeos sobre boas práticas, selecionados em edital lançado pelo MMA, que comporão a base de dados para as ações de combate à perda e ao desperdício de alimentos. O edital recebeu 56 inscrições, das quais 29 atenderam aos critérios da seleção. Parte dessas práticas serão apresentadas em seminário na sexta-feira, dia 9.
A programação da semana em Brasília inclui uma oficina de hortas urbanas e exposição na Ceasa/DF, das 8h às 12h do próximo sábado, dia 10. Na ocasião, haverá o preparo de pratos com aproveitamento de folhas e raízes por chefs de cozinha e o público será orientado a como evitar o desperdício em casa.
No final do evento, o MMA e o WWF-Brasil assinaram um Acordo de Cooperação Técnica para realização de ações conjuntas de promoção da produção e do consumo sustentável para a redução do desperdício de alimentos. (Fonte: Ministério do Meio Ambiente)

Comentários

comentários