“Cada um é o que é”

“Cada um é o que é”
(Thaís Falleiros)

Mago jovem e sem barba?
Que fada feia… E não tem varinha de condão!
Bruxa boazinha?
Caipira bonitão!

Nem toda patricinha é metida
E nem toda metida é antipática.
Nem todo caçula é mimado.
Nem toda irmã mais velha é chata.

Nem toda pessoa do interior já andou a cavalo na vida.
E há quem diga que muito chocolate não faz mal.
Tem pit bull que não é bravo.
E tem gente que não gosta de praia, mesmo morando no litoral!

Nem toda goiaba tem bichinhos.
Nem todo Natal tem presentinhos.
O papai também tem medos.
A mamãe também tem segredos.

Nem toda prova de matemática é difícil.
Os dias de férias, nem sempre são todos de sol.
Nem todo dia de chuva é sem graça.
Posso me divertir na praça ou também dentro de casa.

Não há uma fórmula para tudo
Não há para tudo uma regra.
Cada pessoa é o que é.
Não importa se é branca, preta, vermelha ou amarela!

Comentários

comentários