Etecs abrem inscrições para Vestibulinho do primeiro semestre de 2019

Começaram na última sexta-feira, 19, e vão até 12 de novembro as inscrições para o processo seletivo das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) para o primeiro semestre do próximo ano. Em todo Estado, são oferecidas 80 mil vagas em diversas modalidades de ensino. O exame será no dia 16 de dezembro – o calendário completo está disponível na internet.
A inscrição deve ser feita exclusivamente pelo site www.vestibulinhoetec.com.br até as 15 horas do último dia. Para efetivá-la, é preciso imprimir o boleto bancário e pagar a taxa de R$ 30 em dinheiro em qualquer agência bancária. É necessário ter concluído o Ensino Fundamental para as modalidades com Ensino Médio. Já os que pretendem fazer apenas o Ensino Técnico precisam ter concluído ou estar cursando a partir do segundo ano do Ensino Médio.
A grande novidade deste Vestibulinho é a Articulação dos Ensinos Médio-Técnico e Superior (AMS). O estudante poderá completar em cinco anos os Ensinos Médio, Técnico e superior Tecnológico – atualmente, são necessários seis anos.
O ingresso na nova modalidade ocorre pelo Ensino Médio com Habilitação Técnica Profissional em Desenvolvimento de Sistemas, que, além das três mil horas regulares do curso, terá mais 200 horas de atividades práticas dentro de empresas do setor de tecnologia. Ao concluir esse ciclo de três anos, o aluno poderá completar o curso superior tecnológico de Análise e Desenvolvimento de Sistemas em mais dois anos de estudo, em uma Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec).
A AMS será implantada no primeiro semestre de 2019 nas Fatecs Americana, na Região de Campinas; Zona Leste, na Capital; e na Etec Jorge Street, em São Caetano do Sul, no ABC. Serão oferecidas 40 vagas em cada unidade no período da tarde.

Nova modalidade de Ensino Médio

Além de 5 mil vagas para o Ensino Médio Regular, três Etecs também estreiam mais uma opção de formação adequada às orientações da Reforma do Ensino Médio. O Ensino Médio com ênfase em Linguagens, Ciências Humanas e Sociais começa a ser oferecido na Etec Profª Helcy Moreira Martins Aguiar, de Cafelândia (40 vagas de manhã); na Etec Gino Rezaghi, de Cajamar (40 vagas à tarde); e na Etec Albert Einstein, na Capital (40 vagas á tarde).
O Vestibulinho oferece também 355 vagas para o Ensino Médio com Qualificação Profissional, distribuídas entre os cursos de Administrador de Banco de Dados, Assistente de Recursos Humanos e Auxiliar Administrativo/Finanças/Marketing e Comercial.
Outras 4.786 vagas são oferecidas para o Ensino Médio com Habilitação Técnica Profissional em 17 cursos – a relação está disponível em www.vestibulinhoetec.com.br.

Ensino Técnico Integrado ao Médio

Para o Ensino Técnico Integrado ao Médio (Etim), são oferecidas 21 mil vagas – 20.700 destinadas às Etecs e 1.040 para escolas estaduais, por meio do Programa Vence, parceria com a Secretaria da Educação do Estado.

Certificações por competências

Vagas remanescentes de segundo módulo estão disponíveis para nove cursos técnicos: Administração, Desenvolvimento de Sistemas, Edificações, Eletrotécnica, Logística, Mecânica, Nutrição e Dietética, Recursos Humanos e Segurança do Trabalho.
Os interessados devem ter concluído o Ensino Médio e ter experiência profissional na área do curso, mediante avaliação e certificação de competências referentes ao primeiro módulo.
Estudantes também poderão pleitear acesso às vagas remanescentes do segundo ano do Ensino Médio, desde que tenham completado o primeiro ano desse ciclo.

Ensino Técnico semipresencial

Entre os cursos técnicos na modalidade EaD, com aulas em ambiente virtual e presencial, a novidade é o de Sistemas de Energia Renovável, com 160 vagas distribuídas igualmente em quatro unidades: Etec Bento Quirino (Campinas), Etec Basilides de Godoy (Capital), Etec Joaquim Ferreira do Amaral (Jaú) e Etec Rubens de Faria e Souza (Sorocaba). No total, serão 1.520 vagas.

Especialização de nível médio

Neste Vestibulinho, 245 vagas são destinadas aos seis cursos de especialização técnica: Composição e Arranjo, Dança de Salão, Enfermagem do Trabalho, Enfermagem no Atendimento em Urgência e Emergência Intra e Extra-Hospitalar, Gestão de Unidades de Alimentação e Nutrição e Logística Reversa.
Para a inscrição, além de ter concluído o Ensino Médio, o candidato precisa ter cursado integralmente o Ensino Técnico associado ao curso de especialização, conforme relação disponível no site.

Inclusão social

O Sistema de Pontuação Acrescida concede bônus de 3% a estudantes afrodescendentes e de 10% a candidatos oriundos da rede pública. Caso o aluno se enquadre nas duas situações, obtém 13% de bônus.
O candidato deve fazer a autodeclaração no ato da inscrição e/ou informar se cursou integralmente da 5ª a 8ª série ou do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental em instituição pública municipal, estadual ou federal. A comprovação deve ser feita no ato da matrícula, que não será realizada e a vaga será perdida se as informações não atenderem às condições estabelecidas.Pessoas com deficiência podem solicitar atendimento diferenciado, como prova em braille ou ampliada, intérprete de libras ou escolha do melhor local para fazer o exame.
O Manual do Candidato está disponível para download em www.vestibulinhoetec.com.br.

Sobre o Centro Paula Souza

Autarquia do Governo do Estado de São Paulo vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, o Centro Paula Souza administra as Faculdades de Tecnologia (Fatecs) e as Escolas Técnicas (Etecs) estaduais, além das classes descentralizadas – unidades que funcionam com um ou mais cursos técnicos, sob a supervisão de uma Etec –, em aproximadamente 300 municípios paulistas. Nas Etecs, o número de matriculados nos Ensinos Médio, Técnico integrado ao Médio e no Ensino Técnico, para os setores Industrial, Agropecuário e de Serviços, ultrapassa 211 mil estudantes. As Fatecs atendem mais de 81 mil alunos nos cursos de graduação tecnológica.

Comentários

comentários