Companhia da Polícia Militar recebe visita da “tenente Ketlyn”

A 2ª Cia. do 34º Batalhão da Polícia Militar do Interior, localizada em Amparo, recebeu, na manhã de quinta-feira, 2 de maio, a visita da “tenente Ketlyn”, de oito anos. Ketlyn Ellen é uma jovem apaixonada pela Polícia Militar/Foto: Rafael Leopoldi (AT)

A 2ª Cia. do 34º Batalhão da Polícia Militar do Interior, localizada em Amparo, recebeu, na manhã de quinta-feira, 2 de maio, a visita da “tenente Ketlyn”, de oito anos. Ketlyn Ellen é uma jovem apaixonada pela Polícia Militar, moradora na cidade de Campinas, que há dois anos é considerada a mascote da corporação. Ela ganhou todo o uniforme e equipamentos; sua patente foi definida pelos próprios policiais, que a chamam de “1ª tenente Ketlyn”.

“Eu faço parte do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência – Proerd e gosto muito de representar todos os policiais, porque eles merecem. Eles nos protegem”, disse a “tenente Ketlyn”. A jovem, que cursa o terceiro ano do Ensino Fundamental na Escola Estadual Professor Nilton Pimenta Neves, no Jardim Aeroporto, garante que será uma policial militar “porque acredito que a função do policial militar é proteger e servir o cidadão de bem”.

O pai da “tenente Ketlyn”, Mike Nunes da Conceição, afirmou que a vida de toda a família mudou muito após a participação da filha junto com a Polícia Militar. “Ela melhorou muito na escola, no comportamento, e aprendeu muito sobre respeito, e é por isso que me dedico para que ela mantenha esse contato com as corporações e me esforço para que esse sonho de se tornar uma policial militar se mantenha vivo”, disse o pai.

A “tenente Ketlyn” já visitou, além dos batalhões de Campinas, os de São José do Rio Preto, o Comando Geral, Choque, e Cavalaria, de São Paulo e agora visitou a Companhia de Amparo. “Achei muito legal esta Companhia. Tem muita história aqui. Meu pai brincava na frente desse prédio quando era pequeno, na década de 60, quando meu bisavô, o sargento Emílio, serviu aqui em Amparo. Gostei de conhecer Amparo”, completou a “tenente Ketlyn” antes de voltar à sua reunião com os outros policiais militares.

Comentários

comentários