Amparo terá mais de 20 ruas recapeadas nos próximos meses

A Rua Cabo João dos Santos será uma das vias públicas que vai receber o recapeamento/Foto: Divulgação

O prefeito de Amparo, Luiz Oscar Vitale Jacob (PSDB), autorizou o Departamento de Compras e Licitações a abrir o processo licitatório para o recape de mais de 5,649 metros lineares de ruas da cidade. Os recursos foram destinados pelo Governo do Estado de São Paulo, através de articulação política do deputado estadual Barros Munhoz (PSB). O montante totaliza R$ 2,4 milhões e beneficiará mais de 24 ruas de bairros e regiões centrais.
Em Amparo, as avenidas Uderico Batoni, Orlando Audrai de Barros Bueno, Carlos Augusto do Amaral Sobrinho, Saudade,  e ruas Barão Cintra, Ana Cintra, Roma, Milão, Noruega, Julião Martins, Sebastião Gonçalves Cruz, Purina, Paraguai, Cabo João dos Santos, Araçaí, José Ângelo Marson, Professor Joaquim Siqueira de Camargo, Antonio Moreira da Silva, Professor Horacílio de Souza, Aristides V. Fabrini, Rio Congo, Rio Tigre e Siriema receberão recape.
“Conseguimos em tempo recorde preparar toda a documentação e agora vamos licitar esse benefício. São ruas da cidade de grande tráfego. O objetivo é melhorar a mobilidade urbana e dar mais segurança para quem dirige nas ruas de Amparo. Temos trabalhado diuturnamente com nossa equipe técnica para que a população seja beneficiada”, disse o prefeito de Amparo.
No mês de outubro, o Governo do Estado de São Paulo publicou o recurso no Jornal Oficial do Município. Em junho, Jacob esteve em Campinas garantindo o recurso junto ao governador Márcio França (PSB).

Confira por bairro as ruas beneficiadas

Jardim Figueira – Rio Congo, Rio Tigre
Jardim das Aves – Siriema
Jardim Silvana – Professor Joaquim Siqueira Camargo, Prefeito Aristides Fabrini, Prefeito Horacílio de Souza e Antonio Moreira da Silva,
Jardim América – Purina, Paraguai e Sebastião Gonçalvez Cruz
Jardim Itália – Roma e Milão
Pinheirinho – Rua Barão Cintra, Anna Cintra.
Nardini – Rua Noruega e Julião Martins
Silvestre – Avenida Saudade, Ulderico Batoni e Carlos Augusto do Amaral Sobrinho

Comentários

comentários