Em forma para o Carnaval: ainda dá tempo?

A melhor maneira de chegar em forma ao Carnaval é a prevenção. Dedicar-se ao longo de todo um ano à reeducação alimentar e à prática constante de exercícios físicos/Foto: Divulgação

As festas de fim de ano acabaram. Os parentes foram embora, mas a “barriguinha” ficou. E agora, o que fazer?

“Se você viu os números na balança subirem e o abdômen aumentar, não se desespere. Muitos querem perder o peso extra de um dia para o outro. Seria ótimo chegar ao Carnaval em forma, “, diz o professor dos cursos de Educação Física do Centro Universitário Internacional Uninter, Luciano de Mello.

Porém ele lembra que, nessa hora, deve haver cuidado. Existem várias receitas “mágicas” para emagrecer. Mas elas podem ser extremamente danosas para a sua saúde e não trazer os resultados esperados.

“Um exemplo é a famosa dieta low carb. Seus adeptos reduzem substancialmente a ingestão de carboidratos e aumentam as proteínas. Existem dietas ainda mais agressivas, sem acompanhamento e controle, com base alimentar à base de alface e água”, lembra o professor.
Outra loucura é praticar exercícios intensos sem se preparar, ou fazer “milhares” de exercícios abdominais por dia.

“Essas artimanhas com o corpo, na maioria das vezes, não são bem-sucedidas. Explico. Dietas radicais ignoram as necessidades nutricionais do corpo. O metabolismo precisa, sim, de calorias. Então, o resultado é negativo: aumento do apetite, irritabilidade e frustração de não conseguir alcançar o resultado desejado”, diz o professor Luciano.

Já a imersão exagerada em exercícios físicos sobrecarrega o corpo, principalmente se você estava fisicamente inativo antes. Agindo assim, você vai ficar impossibilitado de fazer atividades por várias semanas, além de correr graves riscos de lesão.

Já os milhares de abdominais para desfilar uma “barriga tanquinho” no Carnaval só funcionam nos vídeos da internet. Para eliminar a gordura localizada e definir a musculatura, é preciso associar vários exercícios – como corrida e musculação, com abdominais como complemento. E, é claro, praticá-los com constância.

“A melhor maneira de chegar em forma ao Carnaval é a prevenção. Dedicar-se ao longo de todo um ano à reeducação alimentar e prática constante de exercícios físicos. Então você pode começar hoje e mirar no Carnaval de 2020. Depois de um ano inteiro de bons hábitos, o corpo fica bonito esteticamente e o mais importante, saudável”, concluiu o professor.

Comentários

comentários